Quase uma década de espera chegou ao fim! Afinal os Estados Unidos têm seu primeiro ETF aprovado na bolsa de Nova Iorque o que fez as criptomoedas dispararem. Este lançamento foi muitíssimo aguardado pelos investidores, mas ainda precisa da liberação da SEC (Comissão de Valores Mobiliários e de Câmbio) para negociação a vista.

Tudo isso foi possível pois a Proshare – provedor americano especializado em produtos negociados em bolsa – solicitou a entrada da Proshare Bitcoin Strategy ETF, ainda em 2017, para a SEC e o presidente da empresa, Gary Gensler, nas últimas semanas vinha sinalizando uma disposição em revisar pedidos desse tipo. Gensler disse ainda que esses produtos relacionados aos futuros possuem uma regulamentação e isto dá segurança aos investidores. Michael Sapir, CEO da Proshare, disse que “2021 será lembrado por este marco”.

A Proshare chegou na frente e iniciou a corrida das ETFs, sendo a primeira a oferecer o ETF cripto na bolsa Americana, e seu “debut” na NYSE os volumes beiravam 1 bilhão de dólares. E há um filão de emissoras aguardando aprovação da SEC, como Valkyrie, VanEck, Invesco, BlockFi, para lançar um Bitcoin ETF nos EUA.

Douglas Yones, diretor de produtos negociados em bolsa da NYSE, afirma que “Este é um passo empolgante, mas não o último”. Yones acredita que este lançamento, que mesmo tendo ocorrido de forma discreta foi um grande passo para a indústria de ETFs, pois sinaliza que a criptografia está se legitimando. Mesmo que os críticos continuem reticentes, os ativos digitais se fortaleceram em 2021 e não dão sinais de que se enfraquecerão!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Powered by WhatsApp Chat

×