O uso das criptomoedas ganha cada vez mais espaço no mercado, então é importante entender os tipos existentes e como funcionam. Neste post, você aprenderá mais sobre a Ripple!

O Projeto por trás da moeda

Com sede na cidade de São Francisco, estado norte-americano da Califórnia, a Ripple Labs é uma empresa de investimento com capital de risco, que atua no desenvolvimento de soluções de pagamentos globais para instituições financeiras. Além disso, atualmente a Ripple é a terceira maior criptomoeda do mercado. (Clique aqui para ver em nosso site a cotação atual)

Ripple é o nome tanto da moeda digital (XRP) quanto da rede de pagamento através da qual ela pode ser transferida. É um sistema de pagamento distribuído com código aberto.

De acordo com o site da empresa, o objetivo do Sistema Ripple, é permitir às pessoas se libertarem das redes financeiras (cartões de crédito, bancos, PayPal e outras instituições que restringem o acesso com taxas, encargos para troca de moedas e atrasos de processamento). O objetivo da Ripple é permitir que o usuário tenha liberdade financeira sem depender de instituições centralizadas do mercado financeiro tradicional e como a própria empresa diz: “fazer “pelo dinheiro o que a internet fez por todas as formas de informação”.

ABRA SUA CONTA E COMECE A INVESTIR EM CRIPTOMOEDAS.

Sendo assim, assumimos  que a Ripple é um sistema de liquidação bruta em tempo real, de câmbio e rede de remessas desenvolvido pela Ripple Labs; ou seja, um conceito maior do que uma tradicional criptomoeda, pois possui um grande projeto por trás.

Seu principal diferencial é o seu protocolo, que é uma evolução do blockchain tradicional como a do Bitcoin. Esse protocolo é chamado de Ripple Transaction Protocol (RTXP), também conhecido como XRP (nome dado ao token).

Podemos dizer que a Ripple é uma solução com segurança blockchain para pagamentos globais, com propostas de aumentar a velocidade e reduzir os custos de transação, suportando até 1000 transações por segundo, podendo escalar  até 50 mil por segundo.

É importante deixar claro que a Ripple já é uma empresa sólida no mercado, e mais provedores de pagamentos estão aderindo a cada dia. Ele é construído para negócios e mesmo que possa ser utilizado por pessoas comuns, esse não é o foco principal da empresa.

38 dos maiores bancos do mundo usam Ripple

A tabela seguinte mostra os 10 maiores bancos, em termos de ativos sob gestão, já utilizando ou testando a tecnologia Ripple:

NomePaísTotal de ativos em bilhões de dólares
Mitsubishi UFJ Financial GroupJapão2,812.88
HSBC via SABBReino Unido2,558.12
Bank of AmericaEUA2,354.51
Crédit AgricoleFrança2,123.61
Sumitomo Mitsui Financial GroupJapão1,848.20
Mizuho Financial GroupJapão1,837.80
Banco SantanderEspanha1,670.79
Barclays PLCReino Unido1,444.39
Royal Bank of CanadaCanada1,039.24
Toronto-Dominion BankCanada1,006.00

*dados de Janeiro de 2020

Bancos Brasileiros usam ripple, e o Brasil representa 30% de suas operações

O interesse da Ripple Labs no Brasil pode ser verificado através do fortalecimento da atuação da plataforma, que possui um escritório recentemente inaugurado no país. Além disso, a empresa possui parcerias com grandes instituições bancárias que atuam no Brasil, como o Santander, Bradesco e Banco Rendimento. Segundo a empresa , também está voltando suas atenções aos bancos digitais em 2020, como o Nubank.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Powered by WhatsApp Chat

×